Foto: Lesle Nascimento
Sofia Débora Levy é Psicóloga Clínica, Pós-Doutoranda em Memória Social pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Doutora em História das Ciências, Técnicas e Epistemologia, Mestre em Psicologia, Bacharel e Licenciada em Letras (Português-Hebraico) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Foi Representante da Confederação Israelita do Brasil (CONIB) no Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR-PR) e entrevistadora da Shoah Foundation. Atualmente, é membro da Diretoria do Memorial Judaico de Vassouras e coordena a Jornada Interdisciplinar Holocausto e Direitos Humanos e o Grupo de Estudos do Holocausto.

Professora e escritora, além de capítulos de livros e artigos em jornais e revistas, organizou e publicou Por Dentro do Trauma: a perversidade no Holocausto e na contemporaneidade (Letra Capital, 2018), Roubaram minha infância (com Freddy Siegfried Glatt, Jaguatirica, 2018), Violência: bricolagem, memória, escrita (Mauad, 2018), Holocausto: Vivência e Retransmissão (Perspectiva, 2014), Sobre Viver: Oito Relatos Antes, Durante e Depois do Holocausto por Homens e Mulheres Acolhidos no Brasil (Relume Dumará, 2006) e Atrás das Minhas Pegadas: Memórias de um Sobrevivente do Holocausto (com Abraham Warth, Garamond, 2005). Em 2016, faz a consultoria e preparação teórica de elenco na peça de teatro O Mundo Indecifrável, um texto de Luize Valente com direção de Gilberto Gawronski.